5 DICAS PARA TER UMA REFORMA SEM DOR DE CABEÇA.

07/03/2018

Para muitas pessoas reforma e obra são sempre sinônimos de dor de cabeça.

Mas será que é mesmo?

Veja 05 dicas para que sua reforma não lhe dê dor de cabeça.

1. CONTRATE UM PROFISSIONAL.

Dizem que de médico e louco todo mundo é um pouco. Mas, que entendedor de decoração e obra todo mundo tem certeza é. O que não é verdade.

Os profissionais envolvidos com uma reforma, tais como designers de interiores, arquitetos e engenheiros, são profissionais que investiram anos para adquirir conhecimento de maneira a oferecer um bom serviço.

Tenha certeza que nós somos importantíssimos para um bom desenvolvimento da sua reforma. Não é um dinheiro em vão. O valor que você paga a um bom profissional, retorna para você em economia na execução da obra.

2. PLANEJE TUDO COM RIQUEZA DE DETALHES.

Eu considero este item um dos mais importantes.

Com um bom planejamento, você reduzirá tempo, custos e com certeza, evitará que no decorrer da obra você tenha problemas.

Faça listas de tudo. A nossa mente é boa. Mas, no papel tudo fica mias organizado e você poderá revisar e ver se não se esqueceu de nada.

Liste os objetivos da sua reformas, quase as suas principais necessidades a serem saciadas, quais serão as etapas da reforma, os materiais que você terá que comprar, etc.

3. CONTRATE MÃO DE OBRA QUALIFICADA. 

É aquela história, o barato pode sair caro. Cuidado!

Analise bem o profissional que você estará contratando. Não priorize apenas o preço d serviço. Verifique se ele é qualificado, se passa por cursos de aperfeiçoamento oferecidos pelos fabricantes, etc.

Prefira profissionais com referência.

4. FAÇA ORÇAMENTO.

Não compre na primeira loja que entrar. Faça entre dois e três orçamentos. Muitas vezes, o mesmo produto tem uma diferença substancial de preço de uma loja para outra.

Sem falar que com o orçamento em mãos, as lojas costumam dar descontos em cima do valor do concorrente.

5. CONFIRA AS MEDIDAS.

Antes de comprar os materiais, encomendar produtos e mobiliário, confira as medidas.

Imagine você comprar uma quantidade de um revestimento e no decorrer da obra perceber que foi inferior a quantidade necessária. Quando retornar a loja para adquirir o restante não encontrar mais o mesmo produto? Ou até encontra, mas o lote é diferente?

Pior, imagine você comprar um mobiliário, imagina ele no seu ambiente e na hora que o produto chegar na sua casa não dar no espaço?

Para evitar esses dessabores é importante medir tudo com muita atenção. 


Aline Soares.

*As imagens utilizadas no post não são autorais, todas foram retiradas do google imagem e bancos de imagens apenas para exemplificar o texto. Caso esteja usando alguma foto sua, por gentileza, entre em contato, para que seja atribuído os devidos créditos.